HOME-THEATER: 10 medidas que vão melhorar (e muito!) a sua experiência.

A sensação de sentar em um sofá super confortável e assistir um filme, um show de música ou uma partida de futebol da Copa do Mundo em uma tela gigante, com imagem perfeita e sistema de som envolvente é um sonho de consumo da maioria dos nossos clientes.

Esse sonho está se tornando mais acessível, graças à constante evolução da tecnologia e redução dos preços das tvs. Será que chegou a hora de planejar o seu?

Ao longo dos nossos mais de 30 anos de experiência profissional, aprendemos muito e continuamos aprendendo, já que existe sempre uma novidade tecnológica nessa área. Por isso, muitas vezes somos chamados para transformar um móvel antigo, feito sob medida para os aparelhos da época. 

home1.png
home2.png
home3.png

Foi o caso desse home-theater. Quando fizemos o primeiro projeto, em 2005, desenhamos o móvel com profundidade de 70 cm, para abrigar a super tv que existia no mercado. Desenhamos 4 gavetões embaixo do nicho para guardar todos os cds e dvds (coisas do passado!).

Na lateral direita, colocamos prateleiras de vidro para os equipamentos de áudio. Definimos o subwoofer branco, da altura do rodapé, para não chamar a atenção. Na parte superior inserimos a grelha de insuflamento do ar condicionado. Ficou lindo!

Mas ficou ultrapassado. Recentemente voltamos ao apartamento para dar uma repaginada geral. Em conjunto com nossos clientes, decidimos não mexer na profundidade da estante, em função da tubulação do ar condicionado. Nossa proposta foi trazer o fundo central para frente, eliminar os gavetões para liberar espaço para os novos equipamentos e tornar o conjunto mais leve. Aplicamos um papel de parede prata para dar um charme e quebrar o branco total da laca. Veja como ficou mais leve e atual.

home4.png
home5.png

E o ambiente ficou assim...

APARTAMENTO CONTEMPORÂNEO - PROJETO E EXECUÇÃO U+C ARQUITETURA

APARTAMENTO CONTEMPORÂNEO - PROJETO E EXECUÇÃO U+C ARQUITETURA

Agora queremos compartilhar com você um pouco do nosso conhecimento. Esperamos que esse post seja bastante útil e sirva de alavanca para te levar até a conquista do seu cinema particular. Reunimos 10 medidas importantes para considerar na execução de um home-theater. Aproveite!

1- PONTOS - Distribua os pontos elétricos de acordo com a posição dos aparelhos. É importante deixar uma tubulação larga (ou duas, conforme o projeto) ligando as caixinhas inferiores às superiores que ficarão atrás da tv. Recomendamos que seja embutida na parede. Deixe também uma tubulação seca no forro conectada à central de som para a passagem dos fios até as caixas acústicas.

2- ALTURA DA TV – A altura ideal da tv é aquela em que o ponto mediano do aparelho fique na altura dos olhos da pessoa sentada. Geralmente está entre 0.90 m e 1.10 m. Considerando uma pessoa com 1.70 m de altura, o eixo da tv deve ficar a 1.00 m do piso.

3- DISTÂNCIA DA TV EM RELAÇÃO AO SOFÁ – Varia de acordo com o tamanho da tela. Existem algumas tabelas disponíveis na internet, mas em nossos projetos consultamos sempre um profissional de áudio e vídeo para orientar na escolha dos equipamentos. Antes de existirem as tvs Full HD, a proximidade do aparelho causava uma percepção distorcida da imagem, mostrando os pixels da sua composição. Nos monitores modernos esse problema não existe, mas lembre-se que deve haver distância suficiente do sofá para enxergar toda a tela e, assim, evitar o incômodo de acompanhar a imagem com movimentos constantes de pescoço ou dos olhos.

4- FUNDO REMOVÍVEL – Ao projetar o móvel para os equipamentos (receiver, apple tv, etc.) deve-se prever um fundo removível que facilitará a conexão e desconexão entre eles. Esse detalhe auxilia a instalação e facilita a futura troca de equipamentos.

5- SUBWOOFER – O subwoofer é o equipamento responsável pelos sons graves. Para evitar trepidações que prejudicam a qualidade do áudio ele deve ser apoiado diretamente no piso ou sobre uma base de madeira maciça.

6- FORRO DE GESSO – O forro é um ótimo recurso para esconder os conduítes, embutir as caixas de som traseiras, criar iluminação indireta e esconder os trilhos das cortinas.

7- SOFÁ – Para garantir maior conforto, o sofá principal deve estar em frente à tv e possuir almofadas de encosto altas, que apoiem bem as costas e, se possível, a cabeça.

8- ILUMINAÇÃO – A iluminação ideal é a indireta. Deve-se evitar a colocação de spots embutidos em frente à tela da tv, porque a luz reflete na imagem. Recomendamos a utilização de recortes no forro combinados a abajures ou luminárias de piso.

9- BLACKOUT – A visualização das imagens nas tvs atuais não é tão afetada pela claridade ou incidência de luz solar, mas quando a janela fica em frente ao aparelho, a utilização de um blackout proporciona muito mais conforto visual. São vários os tipos de blackout disponíveis no mercado, desde os mais simples (para ficarem escondidos atrás da cortina) até os mais sofisticados e bonitos.

10- REVESTIMENTOS – Uma solução que alia beleza e eficiência é revestir as paredes com elementos acústicos. Pode ser uma trama de fibra pintada, um papel de parede ou até módulos coloridos compostos de cortiça (bem diferentes daquela cortiça tradicional). Aqui vai uma dica: se o painel ou parede do fundo da tv for escuro, não chamará a atenção para si, deixando prevalecer a imagem do vídeo e proporcionando uma experiência mais intensa.

Gostou? Com essas orientações, acreditamos que você esteja mais preparado para acompanhar o planejamento e a execução do seu home-theater e, assim, viver experiências incríveis. Veja mais fotos de alguns projetos que fizemos:

APARTAMENTO CONTEMPORÂNEO - PROJETO E EXECUÇÃO U+C ARQUITETURA

APARTAMENTO CONTEMPORÂNEO - PROJETO E EXECUÇÃO U+C ARQUITETURA

APARTAMENTO COMPACTO - PROJETO E EXECUÇÃO U+C ARQUITETURA

APARTAMENTO COMPACTO - PROJETO E EXECUÇÃO U+C ARQUITETURA

APARTAMENTO CLÁSSICO - PROJETO E EXECUÇÃO U+C ARQUITETURA

APARTAMENTO CLÁSSICO - PROJETO E EXECUÇÃO U+C ARQUITETURA

APARTAMENTO JOVEM - PROJETO E EXECUÇÃO U+C ARQUITETURA

APARTAMENTO JOVEM - PROJETO E EXECUÇÃO U+C ARQUITETURA

No nosso Instagram (@uc.arquitetura) tem mais! E, se a sua intenção for investir nesse ambiente da sua casa para que saia tudo perfeito, entre em contato conosco que teremos muito prazer em te atender.

QUARTO DESCOLADO – Parte 2: Projeto

Continuando a nossa história, hoje vamos contar o que a nossa jovem cliente, agora com 17 anos, nos pediu para fazer em seu novo quarto.

A Ju pesquisou bastante no Pinterest e nos trouxe várias referências que gostaria de incorporar ao projeto. Nada muito certinho e comportado. Ela sonhava com uma iluminação mais fraca e menos convencional (nada de spots brancos embutidos no forro). Também falou que não queria mais a tv, porque não assistia e que não gostava das portas brancas dos armários, “muito sem graça”.

Percebemos que ela se identificava mais com ambientes acolhedores, que revelassem a alma do dono. E foi por aí que nós embarcamos...

Spots embutidos e portas brancas dos armários: "sem graça"...

Spots embutidos e portas brancas dos armários: "sem graça"...

Por último, ela nos pediu (se fosse possível): uma cama maior, uma escrivaninha maior, muito espaço para seus livros e uma poltrona confortável onde pudesse ler.

Colocar tudo isso no seu quarto foi, sem dúvida, o nosso grande desafio, porque ele era bem pequeno! Veja a planta!

           Planta antes do novo projeto e da reforma mais recente.

           Planta antes do novo projeto e da reforma mais recente.

 

Com todas essas informações, elaboramos o conceito para o projeto. Quisemos criar uma atmosfera de loft, bem descolado, com a cara da Ju.

Ao fazermos o layout, decidimos anexar o terraço ao dormitório. Essa foi a grande “sacada” (com o perdão do trocadilho), que nos permitiu atender a todos os desejos da nossa cliente. Olha só como ficou o projeto, na imagem e no vídeo com uma animação!

Incrível, né?

Na próxima a gente conta tudo o que foi feito e mostra as fotos da obra, que nem demorou muito. Até lá!

 

             

             

Clique no vídeo para assistir.

QUARTO DESCOLADO – Parte 1: desejo de mudança

Você já parou para pensar se o seu quarto tem a sua cara? Há quanto tempo você não escolhe uma cor diferente de pintura, compra um objeto novo ou muda algum móvel de lugar?

A partir de hoje, vamos mostrar o projeto do quarto da Juliana. Quando era criança, ela dividia o quarto com o seu irmão gêmeo. Vejam só quantos bichinhos de pelúcia!

22-10-2010 008.jpg

Fizemos o apartamento novo da família, comprado na planta, onde cada um ganhou o seu próprio quarto. Quando ficou pronto, a Ju estava com 12 anos. O pink foi a cor predominante, aparecendo nos xales da cortina, no assento da cadeira e nos detalhes da colcha.

Caprichamos no detalhamento de marcenaria, fazendo lambris brancos e nichos com led. Ficou uma graça! Veja as fotos:

foto 1.JPG
foto 2.JPG
foto 3.JPG
 

Hoje a Ju é uma moça linda, cheia de personalidade e com gostos muito diferentes. Claro que, com o passar do tempo, ela deixou de se identificar com o seu quarto antigo.

Na próxima postagem, mostraremos o que essa nossa cliente tão especial nos pediu para fazer no seu quarto novo e como foi o processo da obra de reforma. Não perca!